Certificações Khort

PRÊMIO INTERNACIONAL – MELHOR INVENÇÃO DAS AMÉRICAS

DSC_4713-001
Em 2010 participamos com um stand brasileiro na maior feira de invenções nos Estados Unidos. Centenas de inventores e empreendedores lá estavam com intuito de colocar seus produtos no mercado. Na feira, todas invenções foram avaliadas e posicionadas com diversos critérios por um juri internacional.
Best invention of the Americas!
Fomos considerados a melhor invenção das Américas pela INPEX (Invention and New Product Expositions). Feira que acontece em Pittsburgh, PA normalmente no mês de maio. Para conhecer mais sobre a feira, o site www.inpex.com. E o link onde é mostrado o único produto brasileiro a ganhar merecido prêmio:
http://www.inpex.com/special-awards-2010.aspx

LAUDO UFRJ – ESTUDO SOBRE CONTAMINAÇÃO CRUZADA

A preocupação com a segurança microbiológica no uso de alimentos como maionese, ketchup e mostarda, entre outros, que eram frequentemente mantidos sem refrigeração para uso em bares, restaurantes e lanchonetes culminou na substituição das antigas bisnagas por embalagens individuais tipo saches, em atendimento ao projeto de lei 486/2011 publicado no Diário Oficial em maio de 2011.

Devido à falta de uma região de abertura bem definida, estas embalagens são frequentemente abertas com a boca pelos usuários. Em função das condições de estocagem e manipulação, a superfície destas embalagens pode estar contaminada com patógenos e causar danos à saúde do consumidor. Como solução para este problema, alguns modelos de abridores de saches estão disponíveis no mercado. Entretanto, não foram encontrados estudos que avaliem os aspectos microbiológicos associados ao uso destes equipamentos. Este estudo teve como objetivo avaliar as características microbiológicas da superfície de embalagens tipo sache disponíveis no comercio da cidade do Rio de Janeiro, e Segurança Microbiológica de Molhos Comercializados em Embalagens Tipo Sachê: Avaliação de um Abridor de Embalagens analisar a aplicabilidade e segurança microbiológica de um equipamento desenvolvido para abrir este tipo de embalagem.

Veja o relatório na íntegra no UFRJ_relatorio final